domingo, 6 de setembro de 2015

[RESENHA] AMY E MATTHEW - CAMMIE MCGOVERN



ISBN-13: 9788501070180
ISBN-10: 8501070181
Ano: 2015 / Páginas: 336
Idioma: português 
Editora: Galera Record




"(...) quando se tem uma deficiência, quase ninguém fala a verdade para você. As pessoas ficam constrangidas porque a verdade parece triste demais, eu acho. Você foi muito corajoso em ir até a aleijada e dizer basicamente: apague esta expressão feliz do rosto e enxergue a realidade. É isso que quero que você faça ano que vem. Que me diga a verdade. Só isso."

SINOPSE

Amy e Matthew não se conheciam realmente. Não eram amigos. Matthew sabia quem ela era, claro, mas ele também sabia quem eram várias outras pessoas que não eram seus amigos.Amy tinha uma eterna fachada de felicidade estampada em seu rosto, mesmo tendo uma debilitante deficiência que restringe seus movimentos. Matthew nunca planejou contar a Amy o que pensava, mas depois que a diz para enxergar a realidade e parar de se enganar, ela percebe que é exatamente de alguém assim que precisa.À medida que passam mais tempo juntos, Amy descobre que Matthew também tem seus problemas e segredos, e decide tentar ajudá-lo da mesma forma que ele a ajudou.E quando a relação que começou como uma amizade se transforma em outra coisa que nenhum dos dois esperava (ou sabe definir), eles percebem que falam tudo um para o outro... exceto o que mais importa.


RESENHA
Matthew esta no último ano da escola e se preocupando demais. Se preocupando com a sua vida, com o seu futuro, com o passado, com a vida dos outros, com pequenas manias, com a sujeira nas mãos, com o quantidade de pisos pretos no corredor da escola etc. Além de se preocupar com essas coisas, o garoto é um ótimo observador e o maior foco de sua observação é Amy.

Amy por sua vez é uma garota com paralisia cerebral e um gênio, a cada dia que passa e a cada teste escolar que faz ela mostra aos seus professoras e colegas de classe o quando uma pessoa com deficiência pode ter um futuro promissor, ser feliz e se aceitar.

Porém, não é isso que Matthew vê.

Ele vê uma garota cercada por adultos e admirada por muitos. Mas admirar não quer dizer que ela seja amiga de todos os seus admiradores, pelo contrário, é uma garota sozinha, assim como o próprio Matthew e após um começo desastroso, porém sincero, Amy percebe que precisa de uma amizade, que precisa de alguém que seja verdadeiramente amigo dela e que diga a verdade sobre o que pensa. E só Matthew pode fazer isso por ela.

O livro é fofo, uma leitura leve e gostosa, mas ao mesmo tempo linda e o melhor: ele começa fofinho, bonitinho etc. Porém ele vai se tornando cada vez mais profundo, mais sério e nos mostrando coisas muito importantes, um verdadeiro aprendizado.

AMEI Matthew, com toda a sua insegurança, com todo o seu TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo), com toda a sua ingenuidade e posteriormente com toda a sua maturidade. Já Amy foi o motivo para eu ter demorado tanto para fazer essa resenha. Eu gostei da garota, da sua inteligência, da sua batalha particular na vida, porém em DIVERSOS momentos do livro eu simplesmente me cansava dela e em alguns momentos do final eu realmente fiquei com muita raiva. Não sei se esse sentimento foi oriundo das ações de Amy ou se pelo fato de eu ter me apaixonado por Matthew HAUAHUAH

Eu super indico essa leitura e acho que é aquele tipo de livro que todos devem ler, todos devem conhecer esses personagens e essa história de amor tão marcante e complexa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário