segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

[#BOOKTAG] RETROSPECTIVA LITERÁRIA 2015 ♥

Fui marcada em um desafio do Instagram na Tag #RetrospectivaLiteraria2015 e resolvi postar aqui, explicando um pouco mais, sobre as minhas melhores e piores surpresas literárias nesse ano.


- MELHOR CASAL ♥




O primeiro desafio foi escolher o melhor casal e obviamente escolhi Day e June, pelos motivos mais óbvios: eles são demais, a trilogia é demais, Marie Lu é demais e a forma linda e cheia de esperança com que ela encerra a distopia é pra lá de maravilhosa!

Também escolho esses dois que além de casal, são uma dupla em combate, pois nessa trilogia vemos poucos momentos de romance, mas também vemos um amor forte, capaz de passar pelas barreiras mais difíceis. Vemos um casal que se ama e mesmo com toda a guerra ao redor, toda a dor de suas perdas e todo o sofrimento que causaram um ao outro continuam tentando ficar junto, dando forças ao companheiro.

Outra coisa que me chama atenção nos dois é o crescimento de ambos os personagens durante toda a distopia, principalmente de June, que amadurece ao passar dos livros e começa a enxergar a República e as Colônias com a mesma inteligência de sempre, porém com novos olhos.

- MELHOR PROTAGONISTA MASCULINO  




JACE, JACE, SEMPRE JACE!



Li em janeiro de 2015 e em duas semanas havia lido toda a série, pois me apaixonei por ela e, principalmente, pelo Jace. Forte, corajoso, lindo, bondoso, justo, lindo etc etc etc etc.

Me apaixonei por ele desde o primeiro livro, desde a primeira vez que ele aparece naquela boate e esse amor foi crescendo com cada um dos seus livros.
Sofri, chorei, esperneei, ri, torci e a cada emoção que tinha meu amor e admiração por ele só aumentava, acho lindo a forma como ele é justo, mas principalmente como faz de tudo por Clary, como o amor que os envolve é forte e capaz de mudar o mundo dos caçadores de sombras.


- MELHOR PROTAGONISTA FEMININO 





O que dizer de Lara Jean? Me apaixonei e me identifiquei com ela, com suas inseguranças, medos e trapalhadas... 


Mesmo já tendo lido mais de 200 livros em minha vida (pois é, tenho esse pequeno vício há muito tempo) nunca havia achado uma personagem que se parecesse comigo e Lara Jean sou eu, completamente eu, em tu-do!


Não a escolhi como melhor protagonista feminina somente por ela se parecer comigo, mas também por ser aquela personagem que mesmo só fazendo cagadas, mesmo se metendo nas maiores enrascadas é aquela menina doce e meiga que não consegue deixar de amar as pessoas e o mundo ao seu redor, aquela pessoa que por mais que tenha doído perdoa facilmente e já começa a planejar um novo futuro para esses problemas.

Lara Jean (sim, eu adoro escrever e falar o seu nome) foi uma das minhas maiores e mais divertidas surpresas de 2015, não escondo de ninguém minha paixão por esse livro, por Lara Jean (de novo porque sim) e por todos os seus personagens.




Em breve irei postar mais trechos dessa retrospectiva, fica aqui a dica de ótimas leituras  (ou não) para esse final de ano e para 2016.
Um beijo com muita ressaca, de livros, é claro! :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário