quarta-feira, 27 de abril de 2016

[RESENHA] CORTE DE ESPINHOS E ROSAS - SARAH J. MAAS



ISBN-13: 9788501105875
ISBN-10: 8501105872
Ano: 2015 / Páginas: 434
Idioma: português 
Editora: Galera Record


"Encarei aquele tronco de árvore que se aproximava cada vez mais, sem ousar piscar. meus olhos estavam cansados, cheios de lágrimas, e deixei que escorressem, recusando-me a reconhecer a coisa que espreitava.


- Olhe para mim.

E no momento que achei que olharia, quando meus olhos doíam tanto de não olhar, o frio sumiu na vegetação, deixando um rastro de plantas mortas e murchas para trás."




SINOPSE

Em Corte de Espinhos e Rosas, um misto de A Bela e A Fera e Game of Thrones, Sarah J. Maas cria um universo repleto de ação, intrigas e romance.

Depois de anos sendo escravizados pelas fadas, os humanos conseguiram se libertar e coexistem com os seres místicos. Cerca de cinco séculos após a guerra que definiu o futuro das espécies, Feyre, filha de um casal de mercadores, é forçada a se tornar uma caçadora para ajudar a família. Após matar uma fada zoomórfica transformada em lobo, uma criatura bestial surge exigindo uma reparação. 

Arrastada para uma terra mágica e traiçoeira — que ela só conhecia através de lendas —, a jovem descobre que seu captor não é um animal, mas Tamlin, senhor da Corte Feérica da Primavera. À medida que ela descobre mais sobre este mundo onde a magia impera, seus sentimentos por Tamlin passam da mais pura hostilidade até uma paixão avassaladora. Enquanto isso, uma sinistra e antiga sombra avança sobre o mundo das fadas e Feyre deve provar seu amor para detê-la... ou Tamlin e seu povo estarão condenados.



RESENHA

Feyre já foi de uma família muito rica, porém depois que perderam tudo, ela se tornou uma camponesa que caça para conseguir manter a família viva, pois sem os seus esforços eles, com toda a certeza, já teriam morrido de fome. Ela é batalhadora e após todos os acontecimentos que sofreu na vida, se tornou fria, cheia de espinhos.

Ela precisa tomar muito cuidado, pois os humanos dividem as terras com os grandes féericos, odiados pela maioria dos humanos, após tantos anos de guerra e agora com um silêncio ainda mais adrontador. Segundo as lendas, as feras são extremamente poderosas e perigosas.

Em uma de suas caçadas, Feyre mata um loco, que ela sabe não se tratar de um lobo comum, devido ao tamanho e olhar humano, ela imagina ser alguma raça inferior dos féericos e o mata com duas flechas de freixo. Mal sabe Feyre que depois ela será cobrada por isso, muito cobrada!

Uma fera aparece em sua casa do campo alegando que quem matou a seu amigo rompeu o tratado de paz entre féericos e humandos e por isso deve viver como prisioneiro em suas terras. Para proteger sua família Feyre o obedece, sentindo o ódio e a repulsa por essa "coisa" dentro de si e com um desejo incontrolável de fugir. Porém o que ela não imagina é que na verdade a fera se chama Tamlin e que ele é um Grãao Senhor Féerico, Senhor da corte primaveril. Um homem com a força da fera que existe em seu ser, bondoso, justo e extremamente apaixonante.

"Corte de espinhos e rosas" é um reconto do livro "A bela e fera". Como fazer quando você já ama a história original e depois se apaixona ainda mais pela adaptação feita por Sarah J. Maas.

Com Feyre veremos uma Bela, que de Bela só tem o amor pelas artes, porém em alguns momentos se parece mais com a Katniss do que com a sua personagem original. Enquanto Tamlin é tão encantador quanto a própria Fera.

Enquanto vamos nos apaixonando cada vez pelos personagens grandes mudanças acontecem na história e novos personagens começam a aparecer e você começa a entender ainda mais a história, termina de se apaixonar pelo livro e começa a esperar ansiosamente a continuação dessa história incrível.

Outra coisa que desperta muito a minha curiosidade é a imaginar a capa desse segundo livro, pois a capa do primeiro É A CAPA MAIS LINDA DA MINHA ESTANTE COM TODA A CERTEZA, então já aguardo ansiosamente para ver a segunda, tenho certeza que a Editora Galera não irá me decepcionar hahaha


NOTA DADA NO SKOOB: ★ (5/5)+

Nenhum comentário:

Postar um comentário