sábado, 30 de abril de 2016

[RESENHA] A GAROTA NO TREM - PAULA HAWKINS




ISBN-13: 9788501104656
ISBN-10: 8501104655
Ano: 2015 / Páginas: 378
Idioma: português 
Editora: Record



“Eu me sinto assustada e confusa. Alguém está tentando me bater. Posso ver o punho vindo e me agacho, as mãos para o alto tentando proteger a cabeça. Já não estou no trem, mas na rua. Ouço gargalhadas de novo, ou gritos. Estou na escada, estou na calçada, é tudo tão confuso, meu coração bate acelerado.”



SINOPSE


Um thriller psicológico que vai mudar para sempre a maneira como você observa a vida das pessoas ao seu redor.


Todas as manhãs, Rachel pega o trem das 8h04 de Ashbury para Londres. O arrastar trepidante pelos trilhos faz parte de sua rotina. O percurso, que ela conhece de cor, é um hipnotizante passeio de galpões, caixas dágua, pontes e aconchegantes casas.
Em determinado trecho, o trem para no sinal vermelho. E é de lá que Rachel observa diariamente a casa de número 15. Obcecada com seus belos habitantes a quem chama de Jess e Jason , Rachel é capaz de descrever o que imagina ser a vida perfeita do jovem casal. Até testemunhar uma cena chocante, segundos antes de o trem dar um solavanco e seguir viagem. Poucos dias depois, ela descobre que Jess na verdade Megan está desaparecida.
Sem conseguir se manter alheia à situação, ela vai à polícia e conta o que viu. E acaba não só participando diretamente do desenrolar dos acontecimentos, mas também da vida de todos os envolvidos. 
Uma narrativa extremamente inteligente e repleta de reviravoltas, A garota No Trem é um thriller digno de Hitchcock a ser compulsivamente devorado.



RESENHA


Rachel pega todos os dias o trem que sai às 08:04 a caminho de Londres. Nele ela imagina a vida do passageiro e dos moradores que consegue ver pelas janelas do trem. 

Entre as suas observações há um casal que desperta fascínio e certa inveja em Rachel, ela os chama de Jess e Jason e então passa a criar uma vida imaginárias para os dois, até que em um belo dia ao observar pela janela do trem ela observa Jess traindo Jaison com um homem de aparência indiana.

Com a traição de Tom seguida pelo divórcio, Rachel está indo de mal a pior, cada vez mais depressiva, desleixada e bêbada, muitas vezes fazendo algo que não consegue se lembrar depois. Após aparecer na antiga rua que morava e agora é habitada pelo ex-marido e Anna, sua ex-amante, atual mulher e mãe de sua filha, Rachel sabe que algo aconteceu, mas se lembra o que foi e nem como ela pode estar envolvida nisso, pois estava extremamente bêbada.

Ao ver os jornais ela descobre: Megan desapareceu. Megan, quem ela observava diariamente e chamava de Jess, que vivia numa vida perfeira, num casamento perfeito com Jason, que na verdade se chama Scott.

Rachel quer ajudar o principal suspeito, o marido Scott, e descobrir o que houve no dia em que estava tão bêbada que mesmo sendo algo tão importante, não consegue se lembrar, porém também tem muito medo de descobrir o que REALMENTE aconteceu, pois não sabe qual é o seu envolvimento no crime.

"A garota no trem" é um thriller psicológico cheio de reviravoltas e surpresas. Em alguns momentos fui pega de surpresa, mas o desfecho e a maioria dos acontecimentos foram iguais aos que eu havia imaginado no começo do livro. Porém ter imaginado o que aconteceu com Megan não fez com que eu gostasse menos do livro.

Um coisa que me agrada muito nos livros desse gênero e acontece MUITO nesse livro da Galera Record é o fato de irmos descobrindo aos poucos cada coisa, pequenos detalhes que irão fazer muita diferença no final do livro.

É um ótimo livro e muito bem escrito onde Rachel é aquele personagem que você não sabe o que esperar, não sabe se é a mocinha ou a vilã, não sabe se ama ou se odeia, se é uma coitada ou uma pessoa extremamente calculista.

Em alguns momentos da leitura temos que voltar algumas páginas e ler novamente, pensando: é isso mesmo que eu entendi ou estou ficando louca?

Super recomendo o livro de Paula Hawkins para quem quiser enlouquecer um pouco, assim como eu enlouqueci haha.

NOTA DADA NO SKOOB: ★ (4/5)

Nenhum comentário:

Postar um comentário