terça-feira, 31 de maio de 2016

[RESENHA] O CIRCO MECÂNICO TRESAULTI - GENEVIEVE VALENTINE



ISBN-13: 9788566636802
ISBN-10: 8566636805
Ano: 2016 / Páginas: 320
Idioma: português 
Editora: DarkSide® Books


"Não a compreendia. Eu estava com o circo havia muito tempo; sentia-me seguro demais para entender por que era melhor fazer com que algumas coisas parecessem quebráveis e frágeis. Não sabia quem poderia vir atrás de nós., se eles achassem que fossem fortes suficientes para se apoderarem."



SINOPSE

Respeitável público, o Circo voltou!
Num mundo pós-apocalíptico, onde as pessoas não tem mais acesso à tecnologias de ponta, uma caravana circense leva esperança por onde passa. Os artistas são sobreviventes de guerra, que tiveram seus corpos mutilados reconstruídos com complexas estruturas mecânicas.




RESENHA

Em um mundo futurístico as pessoas vivem em terras arrasadas por guerras e bombas, um circo talvez seja a única fonte de alegria e distração dos cidadãos. Mas não pensem que é um circo comum. Pelo contrário, é um circo diferente de tudo que as pessoas já viram, aonde Boss, a líder do circo, modifica seus artistas com eficazes intervenções.

As mudanças de Boss traz benefícios aos artistas circenses, melhorando suas habilidades para as apresentações, despertando a curiosidade do público e os deixando intrigados. Porém essas pessoas mecânicas, apresentações eletrizantes e improváveis, pode despertar a admiração, perplexidade e também desconfiança. Quando a desconfiança começa também pode ser seguida por outros  sentimentos e desejos ainda piores.

"O circo mecânico Tresaulti" foi escolhido como a leitura coletiva do grupo #LCAmigasLiterarias e uma grande surpresa para mim. Com um enredo forte e melancólico que não irá agradar a todos, já aviso, mas me agradou muito!

O livro é narrado numa sequência não linear, ou seja, não acompanha uma ordem cronológica, e alguns fatos são passados e repassados na visão de personagens diferentes, para que consigamos entender como foram marcante e como marcou cada um deles. Alguns personagens me tocaram demais, como se eu conseguisse sentir o que eles sentiram, ele foram Boss, Elena e, principalmente, Little George.


O livro é muito bem escrito e você precisa sair da caixinha que guarda na mente para conseguir entender com profundidade os acontecimentos.

Outro ponto positivo e impossível de deixar de lado é a capa MARAVILHOSA que a editora Darkside fez, a diagramação destruidora com lindas ilustrações e todo o capricho na edição. Fiquem de olho nessa editora ela esta crescendo muito e MERECIDAMENTE conquistando muitos fãs!

NOTA DADA NO SKOOB:  (4/5)

Nenhum comentário:

Postar um comentário