quinta-feira, 29 de setembro de 2016

[RESENHA] NÃO FALE COM ESTRANHOS - HARLAN COBEN


ISBN-13: 9788580415711
ISBN-10: 8580415713
Ano: 2016 / Páginas: 304
Idioma: português
Editora: Arqueiro

"Não tenho nenhuma prova quanto a isso, mas quando uma mulher conta uma mentira dessas, bem... é provável que já tenha mentido antes. - Adam ainda não havia se recuperado desse golpe final quando o estranho cruzou a porta do salão e saiu."



SINOPSE

O estranho aparece do nada e, com poucas palavras, destrói o mundo de Adam Price. Sua identidade é desconhecida. Suas motivações são obscuras. Mas suas revelações são dolorosamente incontestáveis.

Adam levava uma vida dos sonhos ao lado da esposa, Corinne, e dos dois filhos. Quando o estranho o aborda para contar um segredo estarrecedor sobre sua esposa, ele percebe a fragilidade do sonho que construiu: teria sido tudo uma grande mentira?

Assombrado pela dúvida, Adam decide confrontar Corinne, e a imagem de perfeição que criou em torno dela começa a ruir. Ao investigar a história por conta própria, acaba se envolvendo num universo sombrio repleto de mentiras, chantagens e assassinatos.

Intrigante e perturbador, Não Fale Com Estranhos é mais que um suspense de tirar o fôlego. É uma reflexão sobre o bem e o mal, o amor e o ódio, o certo e o errado, os segredos, as mentiras e suas consequências devastadoras.


RESENHA

Adam Price tem tudo o que sempre quis: uma família perfeita, uma esposa amorosa e filhos que o enchem de orgulho, nunca houve motivos para suspeitar dessa felicidade. Até que é abordado por um estranho em um bar e tudo o que acreditava ser verdade começa a ruir diante de seus olhos.

Como um estranho sabe tanto de sua vida? Como o encontrou? Porque ele está revelando essas coisas sem esperar nada em troca? Será que ele realmente não espera nada em troca?

Ao ver que alguns fatos contados por esse desconhecido realmente aconteceram Adam decide investigar e saber o que realmente aconteceu no passado e, assim começa a puxar uma linha de mentiras e segredos. Mas depois da página 100 você descobre que na verdade isso é só o começo, que de um grande noveno e que há muito mais por trás desse estranho desconhecido...

"Não fale com estranhos" foi a minha apresentação ao mundo cheio de suspense, segredos e mentiras de Harlan Coben, primeiro livro que li do autor e a Leitura Coletiva do grupo #LCAmigasLiterarias e posso dizer que comecei com o pé direito, viu?!

O livro é intrigante e você não consegue largar até chega na última página, o suspense te prende e tem um  toque perturbador. O que mais gostei no livro é que deixa a reflexão sobre mentiras, sobre certo e errado.

Fiquei agoniada ao ver a história de Adam, coitado, ver tudo o que aconteceu com sua família e amigos. Por isso eu digo à vocês amigos:
NUNCA, EM HIPÓTESE NENHUMA, FALEM COM ESTRANHOS! haha

NOTA DADA NO SKOOB: ★ (5/5)


quarta-feira, 28 de setembro de 2016

[RESENHA] CORTE DE NÉVOA E FÚRIA - SARAH J. MAAS



(Para ler a resenha do primeiro livro "Corte de espinhos e rosas" clique AQUI)


"- Você mandou aquela música para minha cela. Por quê? 
A voz de Rhysand estava rouca. 
- Porque você estava se partindo. E eu não pude encontrar outra forma de salvá-la."




SINOPSE

O aguardado segundo volume da saga iniciada em Corte de espinhos e rosas, da mesma autora da série Trono de vidro Nessa continuação, a jovem humana que morreu nas garras de Amarantha, Feyre, assume seu lugar como Quebradora da Maldição e dona dos poderes de sete Grão-Feéricos. Seu coração, no entanto, permanece humano. Incapaz de esquecer o que sofreu para libertar o povo de Tamlin e o pacto firmado com Rhys, senhor da Corte Noturna. Mas, mesmo assim, ela se esforça para reconstruir o lar que criou na Corte Primaveril. Então por que é ao lado de Rhys que se sente mais plena? Peça-chave num jogo que desconhece, Feyre deve aprender rapidamente do que é capaz. Pois um antigo mal, muito pior que Amarantha, se agita no horizonte e ameaça o mundo de humanos e feéricos.


RESENHA

Sabe quando eu dizia que "Corte de espinhos e rosas" era ótimo? Então, não sei como, mas a Sarah J. Maas escreveu um segundo ANOS LUZ melhor do que o primeiro <3

Feyre sobreviveu ao acontecido Sob a Montanha, porém não é mais humana, agora é uma féerica com sangue nas mãos, culpa na consciência e muita dor no coração por todas as coisas que teve que fazer para salvar Tamlin e seu povo das garras de Amarantha.

Então de volta a Corte Primaveril e com o ser poder de volta, Tamlin, está, digamos, bem diferente. Feyre sente dor, sente culpa o tempo todo, ainda mais por não conseguir se abrir com Tam, ainda mais por o único assunto dos dois ser o futuro casamento de ambos.

Enquanto Tamlin se mostra mais sombrio e estranho a cada dia, Rhys e a Corte Outonal surge, e a garota percebe que grandes inimigos, povos desconhecidos, pode ser a única saída para essa nova Feyre: féerica, mais forte do que imagina, quebradora de maldição... A única saída dela e de todos o povo humano, já que um mal muito pior do que Amarantha está por vir.

GENTE, QUE LIVRO É ESSE? SEM OR!

É difícil falar dele sem suspirar, sem morrer de amores, ódio, suspirar de novo, de novo e de novo. Sarah construiu um livro muito melhor do que o primeiro (que já era ótimo), cheio de reviravoltas, cheio de novidades e o melhor: tudo é bem encaixadinho, não fica um fio solto nessa história, É TUDO EXPLICADO!

E Rhys? Precisa de um parágrafo só pra ele, é lógico, PERSONAGEM DO ANO DE 2016! As reviravoltas nos mostram um novo Rhys, um novo vilão, um novo coração, o meu novo amor, o meu futuro marido, PRECISO CASAR COM ESSE HOMEM E COM ESSA ENVERGADURA!

Enfim, LEAIM Corte pra ontem, são quase 700 páginas, mas que passam, sinceramente, num piscar de olhos e que os transformaram na melhor fantasia de 2016, para mim! <3

NOTA DADA NO SKOOB: ★ (5/5)+ E FAVORITADO FAVORITADO FAVORITADO

terça-feira, 27 de setembro de 2016

[RESENHA] LIGAÇÕES - RAINBOW ROWELL


ISBN-13: 9788542804812
ISBN-10: 8542804813
Ano: 2015 / Páginas: 304
Idioma: português
Editora: Novo Século

"Estava com Neal. Fosse qual fosse o significado disso dali por diante.
Ele a beijou como se soubesse exatamente quem ela era. Beijou-a como se estivesse esperando por ela há quinze anos."


SINOPSE

Georgie McCool sabe que seu casamento está estagnado. Tem sido assim por um bom tempo. Ela ainda ama seu marido, Neal, e ele também a ama, profundamente – mas o relacionamento entre eles parece estar em segundo plano a essa altura.
Talvez sempre esteve em segundo plano.
Dois dias antes da tão planejada viagem para passar o Natal com a família do marido em Omaha, Georgie diz a ele que não poderá ir, por conta de uma proposta de trabalho irrecusável. Ela sabia que ele ficaria chateado – Neal está sempre um pouco chateado com Georgie –, mas não a ponto de fazer as malas e viajar sozinho com as crianças.
Então, quando Neal e as filhas partem para o aeroporto, ela começa a se perguntar se finalmente conseguiu. Se finalmente arruinou tudo.
Mas Georgie estava prestes a descobrir algo inacreditável: uma maneira de se comunicar com Neal no passado. Não se trata de uma viagem no tempo, não exatamente, mas ela sente como se isso fosse uma oportunidade única para consertar o seu casamento – antes mesmo de acontecer…
Será que é isso mesmo o que ela deve fazer?
Ou ambos estariam melhor se o seu casamento jamais tivesse acontecido?


RESENHA

Esse livro fala sobre relacionamentos, sobre como o desgaste acontece e muitas vezes não sabemos como fazer com que as coisas melhorem. Os dois ainda se amam, porém não está sendo o suficiente para o relacionamento melhorar.

Até que Georgie descobre uma forma de falar com seu marido Neal no passado. Será essa é a forma das coisas melhorarem ou seria melhor se eles nunca nem tivessem se casado?

Eu não sei explicar, mas a Rainbow tem uma escrita que me pega, me conquista e me laça. Foi assim com "Ligações" também, não tão forte como nos livros anteriores que já li da autora, mas, mesmo assim, gostei.

Rainbow surpreende em seu livro, que tem uma velocidade, mas lenta que os outros, mas é bom da sua própria maneira.

Nota: ⭐️⭐️⭐️⭐️ (4/5)

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

[RESENHA] AS LETRAS DO AMOR - ANA PAULA OTTONI


ISBN-13: 9788581638430
ISBN-10: 8581638430
Ano: 2016 / Páginas: 224
Idioma: português
Editora: Novas Páginas

"Ele sorri complacente, ao que retribuo. É quase como nosso ritual particular. Se ele sorri, eu sorrio de volta."


SINOPSE


Bianca acabou de largar um curso de graduação de que não gostava, seus pais vão se divorciar e seus irmãos pequenos estão cada dia mais barulhentos. A oportunidade perfeita de escapar surge quando seu namorado, Miguel, resolve ir a Roma abrir uma empresa para o pai. Bianca decide que aprender italiano, arrumar um trabalho temporário e ajudar Miguel em seu negócio será um bom começo. O que parecia um sonho, porém, torna-se uma incerteza ainda maior quando Miguel fica sempre fora de casa, os empregos de Bianca não duram mais que uma semana, e, cada dia mais próxima de Enzo – o melhor amigo de Miguel, com quem moram –, ela começa a questionar seus sentimentos.


RESENHA


Bianca está de partida para Roma, irá com o seu namorado Miguel, pois para assumir os negócios da família ele terá que passar alguns meses na capital italiana. Sabe aquela fase que você não sabe o que fazer da sua vida? A garota está assim, então agora se vê animada com uma perspectiva de futuro e novos conhecimentos. Porém o que ela não imagina é que junto com as novas experiências, também virá Enzo, uma nova oportunidade pro seu coração. Uma escolha que pode ser repleta de incertezas, porém que ao mesmo tempo parece ser tão linda quanto os cenários italianos.

Em "As letras do amor" vemos um romance água com açúcar que parece repleto de leveza, suspiros e boas risadas, oferece aqueles clichês e eu adoro clichês, até a página 70, por aí, a leitura fluiu bem. Porém não me identifiquei com esse. Aqui vemos todos aqueles estereótipos que já vimos inúmeras vezes na literatura juntos, já cansativos.

Ao ler o livro não consegui me identificar com os personagens, não consegui me apegar a Bianca desde o início, não vi um amadurecimento da personagem principal e o triângulo amoroso não pode ser chamado de triângulo. Antes de chegar na página 100 você já sabe o final do livro.

Eu amo triângulos amorosos, amo a construção dos mesmos e todo o drama que eles carregam. Porém nesse caso acaba não acontecendo isso e eu realmente não concordo com algumas atitudes tomadas por Bianca, acho que nada justifica algumas coisas que aconteceram.

O que me encantou no livro foi o trabalho da Editora Novo Conceito, a capa é linda, diagramação caprichada e no início de cada capítulo temos uma playlist literária maravilhosa. Conhecer Roma por meio das páginas também foi linda, Ana Paula consegue nos mostrar o melhor da Itália em seu livro de uma forma bem escrita e encantadora.

NOTA DADA NO SKOOB:  (2,5/5)

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

[LANÇAMENTO] DIVULGAM A CAPA DE "ALWAYS AND FOREVER LARA JEAN"



Boa noite, gente!

Quem (eu) está pirando com essa novidade linda?!

A capa de "Always and forever Lara Jean" não sei como, mas conseguiu ficar ainda mais linda que as capas anteriores. Eu só posso pedir para que o dia 04 de Abril chegue logo (meu aniversário e lançamento do livro, que será simultâneo aqui e nos Estados Unidos).


Na continuação, Lara Jean está aproveitando ao máximo o último ano do ensino médio. O namoro com Peter está indo bem, seu pai finalmente vai se casar com a vizinha, Sra. Rothschild, e Margot estará de volta nas férias, a tempo de participar da cerimônia. Mas muitas mudanças estão prestes a acontecer. Apesar de Lara Jean estar se divertindo ajudando a organizar a festa do pai, ela não pode ignorar as grandes decisões que estão pela frente. Mais precisamente, escolher em qual faculdade vai estudar e descobrir como lidar com o impacto que essa resolução poderá ter em seu relacionamento com Peter. Lara Jean acompanhou de perto as consequências das decisões de Margot, e agora será sua vez de deixar para trás a família — e, possivelmente, o garoto que ama. Quando o coração e a cabeça dizem coisas diferentes, qual deles devemos ouvir?

Será que eu estou ansiosa, será?

terça-feira, 20 de setembro de 2016

[RESENHA] ANTES QUE O TEMPO ACABE - L. A. MELO




SINOPSE

Claire Withley, uma eximia nadadora, tem uma vida aparentemente perfeita e está prestes a subir mais um degrau em sua vida profissional quando uma terrível doença cruza o seu caminho. Com a estimativa de oito meses de vida, sem seu namorado e com os laços da família se corroendo, ela terá apenas a companhia de Lisa e Albert Louis “Alo” Watson, um misterioso estudante de psicologia que a conhece por intermédio de duas perguntas: Claire viverá o tempo que lhe resta em forma de grandes aventuras ou abdicará de seus direitos se entregando totalmente para dor? Ela terá que conhecer a si mesma para responder as duas perguntas que lhe assombram, antes que o tempo acabe.


RESENHA

O livro "Antes que o tempo acabe" nos conta a história de Clare, uma adolescente com uma grande pergunta em sua mente: o que ser quando crescer?
Ela é completamente apaixonada por arte, porém já está decidido: será nadadora.
Essa escolha é da garota ou de sua família.

A ironia do destino é tanta que é nas águas que ela se depara com uma terrível doença e a partir daí sua vida passa a ter dias contados e Clare começa a decidir o que fazer antes que o seu tempo acabe.

Quem me conhece sabe o quanto eu amo bons dramas que me destroem, me fazem chorar por semanas e toda vez que eu lembro da história. Li o livro de Lucas de Andrade Melo com essas expectativas. A história tinha tudo parar marcar, mas no fim acho que faltou algo...

Não sei se foi a falta de mais personagens, de mais diálogos, mais enredos, menos saltos na história, menos velocidade em alguns momentos... Mas sei que faltou algo.

A contraponto temos uma história bonita, rápida de ler, uma capa linda e diagramação impecável da Young Editorial. Clare nos traz diversos ensinamentos, nos mostra que devemos aproveitar a nossa vida, realizar nossos sonhos, buscar sempre a felicidade... Antes que o tempo acabe!

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

[RESENHA] A FÚRIA E A AURORA - RENÉE AHDIEH


ISBN-13: 9788525060358
ISBN-10: 8525060356
Ano: 2016 / Páginas: 336
Idioma: português
Editora: Globo Alt

"E, com um beijo, Sherazade se deixou levar. Pelo menino que era impossível, improvável estudo de contrates. O menino que reduzira a sua vida a cinzas, apenas para refazer o mundo diferente de tudo que ela conhecia."

SINOPSE

Personagem central da história, a jovem Sherazade se candidata ao posto de noiva de Khalid Ibn Al-Rashid, o rei de Khorasan, de 18 anos de idade, considerado um monstro pelos moradores da cidade por ele governada. Casando-se todos os dias com uma mulher diferente, o califa degola as eleitas a cada amanhecer. Depois de uma fila de garotas assassinadas no castelo, e inúmeras famílias desoladas, Sherazade perde uma de suas melhores amigas, Shiva, uma das vítimas fatais de Khalid. Em nome da forte amizade entre ambas, Sherazade planeja uma vingança para colocar fim às atrocidades do atual reinado.

Noite após noite, Sherazade seduz o rei, tecendo histórias que encantam e que garantem sua sobrevivência, embora saiba que cada aurora pode ser a sua última. De maneira inesperada, no entanto, passa a enxergar outras situações e realidades nas quais vive um rei com um coração atormentado. Apaixonada, a heroína da história entra em conflito ao encarar seu próprio arrebatamento como uma traição imperdoável à amiga.

Apesar de não ter perdido a coragem de fazer justiça, de tirar a vida de Khalid em honra às mulheres mortas, Sherazade empreende a missão de desvendar os segredos escondidos nos imensos corredores do palácio de mármore e pedra e em cenários mágicos em meio ao deserto.

RESENHA

Sherazade quer vingança.

Khalid é o rei e um rei com hábitos muito estranhos: todas as noites, antes da autora chegar ele mata uma de suas jovens esposas. Seus casamentos duram  até a noite em que conhece a esposa e a mata.

A melhor amiga de Sherazade foi uma das últimas esposas do "kalifa" e por isso a jovem arma uma perigoso plano: fazer o rei pagar pela morte de Shiva, ela irá matá-lo.

Em cada aurora que chega ela agradece por ainda estar viva e por continuar colocando o seu plano em prática, consegue distrair Khalid com suas histórias e assim se manter viva.

Porém, a cada aurora que se passa, a fúria se vai junto. Sherazade vai conhecendo um novo lado do rei, lado esse que talvez ninguém conheça direito e que seu kalifa pode esconder muitas coisas de seu povo. Será que um coração cheio de ódio conseguirá amar alguém? Quais serão os segredos que o rei Khalid esconde?

"A fúria e a aurora" foi lançado pela Editora Globo Alt e gente, QUE LIVRO! Sabe aquela leitura que você não conhece parar até chegar ao final? Então, é esse!
Você vai sentindo raiva com essa releitura de "As mil e uma noites", ficando curioso, amando, perdoando, shippando, amando de novo e depois MORRENDO com aquele final!
PELO AMOR DE DEUS, PRECISAMOS DA SEQUENCIA QUE SÓ SAI NO 1° SEMESTRE DE 2017 (chorando)!

Khalid me conquistou, Sherazade me impressionou e o livro me enfeitiçou completamente! Renée Ahdieh, já virei sua fã!


sexta-feira, 9 de setembro de 2016

[RESENHA] O ÚLTIMO ADEUS - CYNTHIA HAND



ISBN-13: 9788594540027
ISBN-10: 8594540027
Ano: 2016 / Páginas: 352
Idioma: português
Editora: DarkSide Books



"Por que alguém como meu irmão, de quem todo mundo gostava, que era bonito, engraçado e popular, achava que sua vida era tão terrível a ponto de decidir acabar com ela?"



SINOPSE

O Último Adeus é narrado em primeira pessoa por Lex, uma garota de 18 anos que começa a escrever um diário a pedido do seu terapeuta, como forma de conseguir expressar seus sentimentos retraídos. Há apenas sete semanas, Tyler, seu irmão mais novo, cometeu suicídio, e ela não consegue mais se lembrar de como é se sentir feliz.

O divórcio dos seus pais, as provas para entrar na universidade, os gastos com seu carro velho. Ter que lidar com a rotina mergulhada numa apatia profunda é um desafio diário que ela não tem como evitar. E no meio desse vazio, Lex e sua mãe começam a sentir a presença do irmão. Fantasma, loucura ou apenas a saudade falando alto? Eis uma das grandes questões desse livro apaixonante.

O Último Adeus é sobre o que vem depois da morte, quando todo mundo parece estar seguindo adiante com sua própria vida, menos você. Lex busca uma forma de lidar com seus sentimentos e tem apenas nós, leitores, como amigos e confidentes.


RESENHA


Terminei durante a madrugada de quinta-feira o livro "O último adeus" e já peço perdão de antemão por essa resenha, lágrimas me vem aos olhos ao falar desse livro, então será uma resenha cheia de sentimentalismo, sim, porém espero que vocês perdoem as falhas da minha escrita ainda repleta de lágrimas e leiam essa obra, leiam Cynthia Hand e entendam o que eu estou falando.
.
O livro é narrado por Lex, uma menina inteligente e cheia de sonhos que vê o mundo desmoronar após a morte de seu irmão Tyler, ele tirou a própria vida e ela ainda se pergunta o porquê.
Lex então termina o namoro, começa a ir mal em matemática, sua matéria preferida, se afasta de tudo e todos. Só se mostra forte em casa, para dar forças a sua mãe que lida com a dor da perda prematura de seu filho.
As saudades do Ty sufoca Lex, mas nada a sufoca mais do que a culpa, então seu psicólogo propõe que ela escreva um diário, mesmo ela não sendo boa em redação, na verdade quem tirava boas notas em redações era o falecido irmão, para que ela coloque nele a sua rotina e tudo o que sente.
.
Será que escrever sobre a sua dor será capaz de ameniza-la?
.
Sobre família desestruturada. Sobre pai ausente. Sobre dor. Sobre depressão. Sobre tristezas e saudades. Sobre culpa. Sobre compreensão. Sobre desespero. Sobre se sentir vazio. Sobre não se sentir nada. Sobre nada e tudo ao mesmo tempo.
.
"O último adeus" fala sobre depressão, suicídio e a devastação dos que ficam e precisam conviver com a dor e todo o resto que sobra após a perda de uma pessoa que ama, ainda mais quando essa perda foi por escolha dessa tal pessoa.
.
Com esse livro chorei e senti, senti cada sentimento de Lex, senti a dor e desespero de Ty, senti a dor de uma mãe ao perder um filho... Foi um livro que me alertou para coisas tão pequenas e que ao mesmo tão grandiosas.
.
Espero que vocês leiam e sejam invadidos por esses mesmos sentimentos. Estamos no mês de setembro amarelo e precisamos falar sobre depressão, precisamos falar sobre suicídio!


quinta-feira, 8 de setembro de 2016

[BOOK HAUL] LIVROS ADQUIRIDOS EM AGOSTO



Um beijo pra quem foi uma pessoa extremamente controlada em agosto e conseguiu ficar o mês sem gastar nos sites onlines! HAHAA
Esse é o meu #BookHaul de agosto, já estou me preparando para a Black Friday, gente ❤️😍


Esses livros foram cortesias de editoras e parceiras, todas marcadas nas fotos.

  • As letras do amor (enviado pelos parceiros Novo Conceito);
  • Onde fica o para sempre (enviado pela autora);
  • Quatro estações (enviado pela autora).

Tem resenha do "Quatro estações" e "Onde fica o para sempre" aqui e no blog, confiram 

Em breve sorteio do livro "Onde fica o para sempre", fiquem ligados ❤️


segunda-feira, 5 de setembro de 2016

[LEITURAS DO MÊS] LIVROS LIDOS NO MÊS DE AGOSTO


Setembro chegou, agosto finalmente se foi e com ele muitas leituras que marcaram me coração.
Foram 16 leituras e mais 1 releitura, totalizando 17 novas leituras.
Vou colocar os livros lidos aqui por ordem de amorzinho:


• A garota do calendário - março ⭐️⭐️⭐️: adorei algumas coisas, todo mundo sabe que o enredo não é o forte desses livros, porém são daqueles que você não consegue parar de ler;

• A garota do calendário - Abril ⭐️⭐️⭐️: fiquei muuuuito revoltada com uma coisa que aconteceu nesse livro, então por isso as três estrelinhas;

• Quatro estações ⭐️⭐️⭐️: romance leve e leitura fluída, não cai de amores por nenhum personagem, mas gostei da história;

• A noiva fantasma ⭐️⭐️⭐️⭐️: adorei a cultura chinesa e achei interessante, mas ainda quero o final do livro que desapareceu;

• Onde fica o para sempre ⭐️⭐️⭐️⭐️: brasilidade, bom enredo, bons quotes, tristezas e romances na dose exata;

• O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️: totalmente diferente do que eu imaginava e agora NECESSITO da continuação;

• O ano em que te conheci ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️: posso dizer que floresço mais um pouco toda vez que leio Cecelia!;

• O duque e eu ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️: iniciando os trabalhos com JQ com o pé direito;

• O Visconde que me amava: babando na escrita da JQ e no Anthony;

• Um perfeito cavalheiro ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️❤️: meu preferido até agora, morrendo de amores por esse reconto da Cinderela;

• Os segredos de Colin Bridgerton ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️: como não amar com essa história do meu Bridgerton favorito?;

• Para Sir Phillip com amor ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️: AMO/SOU Eloise!;

• O conde enfeitiçado ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️❤️: chorei, ri, amei, me apaixonei...;

• RELEITURA
Beleza Perdida ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️❤️: AMO AMO AMO AMO (chorei tudo de novo!);


Os preferidos do mês foram:

• Eu te darei o sol 🌟🌟🌟🌟🌟❤️: que livro lindo, emocionante, destruidor e cheio de quotes divos, amei demais!;

• A voz do arqueiro 🌟🌟🌟🌟🌟❤️: lindo, emocionante, quente, tocante, Archer, bem escrito, envolvente, Archer... Quero um Archer pra chamar de meu e virei fã da Mia Sheridan, mesmo no primeiro livro!

Com esses 16 livros livros totalizei 104 livros lidos em 2016. Que setembro seja ainda mais lindo 😍

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

[RESENHA] A NOIVA FANTASMA - YANGSZE CHOO



ISBN-13: 9788566636277
ISBN-10: 8566636279
Ano: 2015 / Páginas: 360
Idioma: português 
Editora: DarkSide® Books


"Distraída, derrubei nanquim sobre a mesa de meu pai, a tinta se espalhando sobre os jornais em uma mancha negra de mau agouro. A prática de arranjar casamento de uma pessoa morta era rara, e costumava ser feita para aplacar um espírito. Uma concubina falecida, que tenha gerado filho, pode ser oficialmente casada para elevar seu status de esposa. Ou dois amantes que tenham morrido de forma trágica podem se unir depois da morte. Disso eu sabia. mas casar alguém vivo com um morto era um caso incomum e, de fato, horrível."


SINOPSE

Certa noite, meu pai me perguntou se eu gostaria de me tornar uma noiva fantasma...

1893. Li Lan é uma jovem que recebeu educação e cultura, mas que vive sem grandes perspectivas depois da falência de seus pais. Até surgir uma proposta capaz de mudar sua vida para sempre: casar-se com o herdeiro de uma família rica e poderosa. Há apenas um detalhe: seu noivo está morto.

A Noiva Fantasma é o surpreendente romance de estreia de Yangsze Choo, a escritora de ascendência oriental que está encantando fãs por todo o mundo.

Por mais fantásticas que pareçam, as noivas fantasmas ainda resistem até hoje em parte da cultura asiática. A prática, que chegou a ser banida por Mao Tsé-Tung durante a Revolução Cultural, foi muito frequente na China e na Malaia (hoje Malásia) no final do século XIX. O casamento era usado para tranquilizar um espírito inquieto, e garantir um lar e estabilidade para as mulheres que diziam sim a maridos já falecidos. É claro que elas tinham um preço alto a pagar, e com Li Lan não seria diferente.
Evocando obras como Lugar Nenhum, de Neil Gaiman, essa obra é uma história impressionante sobre o amor sobrenatural e sobre o amadurecimento, escrita por uma extraordinária nova voz da ficção contemporânea.



RESENHA

O livro "A noiva fantasma" que se passa no final do século XIX na Malaia, onde hoje temos a Malásia, nos mostra a cultura chinesa em sua forma mais pura e também sobre uma pratica ilegal, porém comum naquela época: casar pessoas vivas com fantasmas para acalmar o espírito do falecido.

Após a morte da mãe o pai da jovem Li Lan em depressão, se vicia em jogos e raramente lembra que ainda tem uma filha e empregados morando em sua casa. Com as dívidas do seu vício batendo à porta fica difícil dizer não a alguém que proponha pagá-las, independente do que ele queira em troca, mesmo que o detentor da dívida queira que a sua linda filha case com o espírito do filho dele.

Li Lan quer se casar com amor, apesar da família estar falida e ela saber que isso prejudica em suas ofertas de casamento, a beleza da garota é muito significativa e ela não perdeu as esperanças de ter um bom casamento, então, obviamente, quando o pai faz essa proposta ela recusa imediatamente.

Porém pesadelos com o espírito e todos os tormentos que seu quase noivo fantasma está trazendo para a sua vida fazem com que ela se pergunte o verdadeiro motivo do herdeiro da fortuna Lim querer tanto se casar com Li Lan e como ela irá conseguir escapar desse casamento com uma pessoa que ela não toleraria nem vivo, imagine então morto...

O livro escrito por Yangsze Choo não tem nada de terror, fiquem calmos desde já, é extremamente detalhista, o que eu adoro, e nos leva a viajar em uma cultura que por mim era desconhecida, o que eu achei muito interessante. A única coisa que me incomodou no livro foi que em alguns momentos fica com muita enrolação e quando o negócio começa a engrenar e você quer aquela CHUVA DE DETALHES o livro acaba e eu fico como? A edição da Darkside é simplesmente PERFEITA, mas ainda acho que eles se confundiram e colocaram várias folhas pretas no final ao invés de colocar o fim do livro haha