quinta-feira, 1 de setembro de 2016

[RESENHA] A NOIVA FANTASMA - YANGSZE CHOO



ISBN-13: 9788566636277
ISBN-10: 8566636279
Ano: 2015 / Páginas: 360
Idioma: português 
Editora: DarkSide® Books


"Distraída, derrubei nanquim sobre a mesa de meu pai, a tinta se espalhando sobre os jornais em uma mancha negra de mau agouro. A prática de arranjar casamento de uma pessoa morta era rara, e costumava ser feita para aplacar um espírito. Uma concubina falecida, que tenha gerado filho, pode ser oficialmente casada para elevar seu status de esposa. Ou dois amantes que tenham morrido de forma trágica podem se unir depois da morte. Disso eu sabia. mas casar alguém vivo com um morto era um caso incomum e, de fato, horrível."


SINOPSE

Certa noite, meu pai me perguntou se eu gostaria de me tornar uma noiva fantasma...

1893. Li Lan é uma jovem que recebeu educação e cultura, mas que vive sem grandes perspectivas depois da falência de seus pais. Até surgir uma proposta capaz de mudar sua vida para sempre: casar-se com o herdeiro de uma família rica e poderosa. Há apenas um detalhe: seu noivo está morto.

A Noiva Fantasma é o surpreendente romance de estreia de Yangsze Choo, a escritora de ascendência oriental que está encantando fãs por todo o mundo.

Por mais fantásticas que pareçam, as noivas fantasmas ainda resistem até hoje em parte da cultura asiática. A prática, que chegou a ser banida por Mao Tsé-Tung durante a Revolução Cultural, foi muito frequente na China e na Malaia (hoje Malásia) no final do século XIX. O casamento era usado para tranquilizar um espírito inquieto, e garantir um lar e estabilidade para as mulheres que diziam sim a maridos já falecidos. É claro que elas tinham um preço alto a pagar, e com Li Lan não seria diferente.
Evocando obras como Lugar Nenhum, de Neil Gaiman, essa obra é uma história impressionante sobre o amor sobrenatural e sobre o amadurecimento, escrita por uma extraordinária nova voz da ficção contemporânea.



RESENHA

O livro "A noiva fantasma" que se passa no final do século XIX na Malaia, onde hoje temos a Malásia, nos mostra a cultura chinesa em sua forma mais pura e também sobre uma pratica ilegal, porém comum naquela época: casar pessoas vivas com fantasmas para acalmar o espírito do falecido.

Após a morte da mãe o pai da jovem Li Lan em depressão, se vicia em jogos e raramente lembra que ainda tem uma filha e empregados morando em sua casa. Com as dívidas do seu vício batendo à porta fica difícil dizer não a alguém que proponha pagá-las, independente do que ele queira em troca, mesmo que o detentor da dívida queira que a sua linda filha case com o espírito do filho dele.

Li Lan quer se casar com amor, apesar da família estar falida e ela saber que isso prejudica em suas ofertas de casamento, a beleza da garota é muito significativa e ela não perdeu as esperanças de ter um bom casamento, então, obviamente, quando o pai faz essa proposta ela recusa imediatamente.

Porém pesadelos com o espírito e todos os tormentos que seu quase noivo fantasma está trazendo para a sua vida fazem com que ela se pergunte o verdadeiro motivo do herdeiro da fortuna Lim querer tanto se casar com Li Lan e como ela irá conseguir escapar desse casamento com uma pessoa que ela não toleraria nem vivo, imagine então morto...

O livro escrito por Yangsze Choo não tem nada de terror, fiquem calmos desde já, é extremamente detalhista, o que eu adoro, e nos leva a viajar em uma cultura que por mim era desconhecida, o que eu achei muito interessante. A única coisa que me incomodou no livro foi que em alguns momentos fica com muita enrolação e quando o negócio começa a engrenar e você quer aquela CHUVA DE DETALHES o livro acaba e eu fico como? A edição da Darkside é simplesmente PERFEITA, mas ainda acho que eles se confundiram e colocaram várias folhas pretas no final ao invés de colocar o fim do livro haha


Nenhum comentário:

Postar um comentário