sexta-feira, 9 de setembro de 2016

[RESENHA] O ÚLTIMO ADEUS - CYNTHIA HAND



ISBN-13: 9788594540027
ISBN-10: 8594540027
Ano: 2016 / Páginas: 352
Idioma: português
Editora: DarkSide Books



"Por que alguém como meu irmão, de quem todo mundo gostava, que era bonito, engraçado e popular, achava que sua vida era tão terrível a ponto de decidir acabar com ela?"



SINOPSE

O Último Adeus é narrado em primeira pessoa por Lex, uma garota de 18 anos que começa a escrever um diário a pedido do seu terapeuta, como forma de conseguir expressar seus sentimentos retraídos. Há apenas sete semanas, Tyler, seu irmão mais novo, cometeu suicídio, e ela não consegue mais se lembrar de como é se sentir feliz.

O divórcio dos seus pais, as provas para entrar na universidade, os gastos com seu carro velho. Ter que lidar com a rotina mergulhada numa apatia profunda é um desafio diário que ela não tem como evitar. E no meio desse vazio, Lex e sua mãe começam a sentir a presença do irmão. Fantasma, loucura ou apenas a saudade falando alto? Eis uma das grandes questões desse livro apaixonante.

O Último Adeus é sobre o que vem depois da morte, quando todo mundo parece estar seguindo adiante com sua própria vida, menos você. Lex busca uma forma de lidar com seus sentimentos e tem apenas nós, leitores, como amigos e confidentes.


RESENHA


Terminei durante a madrugada de quinta-feira o livro "O último adeus" e já peço perdão de antemão por essa resenha, lágrimas me vem aos olhos ao falar desse livro, então será uma resenha cheia de sentimentalismo, sim, porém espero que vocês perdoem as falhas da minha escrita ainda repleta de lágrimas e leiam essa obra, leiam Cynthia Hand e entendam o que eu estou falando.
.
O livro é narrado por Lex, uma menina inteligente e cheia de sonhos que vê o mundo desmoronar após a morte de seu irmão Tyler, ele tirou a própria vida e ela ainda se pergunta o porquê.
Lex então termina o namoro, começa a ir mal em matemática, sua matéria preferida, se afasta de tudo e todos. Só se mostra forte em casa, para dar forças a sua mãe que lida com a dor da perda prematura de seu filho.
As saudades do Ty sufoca Lex, mas nada a sufoca mais do que a culpa, então seu psicólogo propõe que ela escreva um diário, mesmo ela não sendo boa em redação, na verdade quem tirava boas notas em redações era o falecido irmão, para que ela coloque nele a sua rotina e tudo o que sente.
.
Será que escrever sobre a sua dor será capaz de ameniza-la?
.
Sobre família desestruturada. Sobre pai ausente. Sobre dor. Sobre depressão. Sobre tristezas e saudades. Sobre culpa. Sobre compreensão. Sobre desespero. Sobre se sentir vazio. Sobre não se sentir nada. Sobre nada e tudo ao mesmo tempo.
.
"O último adeus" fala sobre depressão, suicídio e a devastação dos que ficam e precisam conviver com a dor e todo o resto que sobra após a perda de uma pessoa que ama, ainda mais quando essa perda foi por escolha dessa tal pessoa.
.
Com esse livro chorei e senti, senti cada sentimento de Lex, senti a dor e desespero de Ty, senti a dor de uma mãe ao perder um filho... Foi um livro que me alertou para coisas tão pequenas e que ao mesmo tão grandiosas.
.
Espero que vocês leiam e sejam invadidos por esses mesmos sentimentos. Estamos no mês de setembro amarelo e precisamos falar sobre depressão, precisamos falar sobre suicídio!


Nenhum comentário:

Postar um comentário