terça-feira, 27 de dezembro de 2016

[BOOKHAUL] A LOUCA DA BLACK FRIDAY ATACOU EM NOVEMBRO


Alguém me ajuda a controlar esse desequilíbrio que foi a Black Friday 2016 em minha vida.
Tudo bem que guardei dinheiro, me preparei e esperei ansiosamente essa data, mas me sinto mal mesmo assim.
Não sou a pessoa ryca que vocês pensam, apenas uma descontrolada de BF e agora endividada nas 5x s/ juros.


A minha vergonha não diminui o amor que já sinto por cada um. São eles.
.
De parceria:
• Amar vale a pena - Recomeçar;
.
Presentes:
• E viveram felizes para sempre;
• Juntando os pedaços;
(ambos do boy)

• Essa luz tão brilhante;
• Meu coração e outros buracos negros negros;
(ambos da Aninha @cafelivroseamor_)

• Dançando sobre cacos de vidro;
(Da @mythingsandme)
.
Compras:
• O ar que ele respira;
• Um caso perdido;
• Garota Desaparecida;
• O café dos anjos;
• A garota dos pés de vidro;
• Dez mil céus sobre você;
• Calafrio;
• Espera;
• Sempre;
• Perdido;
• Cinder;
• O último dos canalhas;
• Nove regras a ignorar antes de se apaixonar;
• Dez formas de fazer um coração se derreter;
• Perdida;
• Encontrada;
• A garota do calendário: Setembro, Outubro, Novembro e Dezembro;
• Tinta perigosa;
• Frágil eternidade;
• Sombrio perdão;
• Sombras radiantes.
.
Estando há 3 meses sem comprar livros, apenas ganhando do boy e de parcerias, o #BookHaul de agora tem apenas 30 livros novos hahaha
Gastei ao todo R$ 267,00 e comprei apenas livros que eu queria MUUUUITO, não fiz como a vez passada que comprei tudo o que aparecia em promoção pela frente. Agora são apenas aqueles livros que estão na meta para 2017 .

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

[RESENHA] IMPERFEITOS - CECELIA AHERN


ISBN-13: 9788581636535
ISBN-10: 8581636535
Ano: 2016 / Páginas: 320
Idioma: português
Editora: Novo Conceito

"Se você comete um erro, aprende com ele. Se nunca comete nenhum erro, jamais será uma pessoa sábia... Quanto mais erros você comete, mais você aprende.”


SINOPSE

Celestine North vive em uma sociedade que rejeita a imperfeição. Todos aqueles que praticam algum ato julgado como errado são marcados para sempre, rechaçados da comunidade, seres não merecedores de compaixão.
Por isso, Celestine procura viver uma vida perfeita. Ela é um exemplo de filha e de irmã, é uma aluna excepcional, bem quista por todos do colégio, além do mais, ela namora Art Crevan, filho da autoridade máxima da cidade, o juiz Crevan.
Em meio a essa vida perfeita, Celestine se encontra em uma situação incomum, que a faz tomar uma decisão instintiva. Ela faz uma escolha que pode mudar o futuro dela e das pessoas a seu redor.
Ela pode ser presa? Ela pode ser marcada? Ela poderá se tornar, do dia para a noite Imperfeita?

Nesta distopia deslumbrante, a autora best-seller Cecelia Ahern retrata uma sociedade em que a perfeição é primordial e quem cometer qualquer ato falho será punido. A história de uma jovem que decide tomar uma posição que poderá custar-lhe tudo.


RESENHA

Celestine vive em um mundo futurístico que só aceita a perfeição e ela não é nada menos do que perfeita, é claro. Uma ótima filha, irmã paciente, excelente aluna e namorada perfeita de Art, filho do juiz Crevan, responsável por punir os imperfeitos. As pessoas que se recusam a viver nesse exemplo de perfeição ou cometem pequenos erros são marcadas com um grande I e acabam se tornando excluídas da sociedade.

A vida perfeita que Celestine vive, é claro, é tudo o que ela sempre sonhou, porém chega um momento em sua vida que ela precisa tomar uma decisão que pode mudar completamente a sua vida e de sua família, que pode marcá-la fisicamente e emocionalmente para sempre, mas principalmente, a faz questionar: será que esse modelo de perfeição é o que realmente as pessoas precisam para viver?

Não posso resenhar esse livro sem deixar algumas considerações:
1) Cecelia é ARRASADORA! Só essa palavra define uma autora que passeia entre gêneros, estreia no mundo distópico dessa forma e que em cada livro adota uma escrita diferente e única, sou fã assumida dessa linda e ela distópica está demais;
2) é aquele tipo de livro que você não consegue parar e quando está chegando no fim não quer que acabe, precisa respirar, voltar, socorro, não pode acabar etc;
3) é uma distopia leve indicada para quem ama, para quem não gosta ou pra quem não conhece o gênero;
4) a capa e a edição da Novo Conceito estão perfeitas, a capa mais linda dos livros da Cecelia aqui no Brasil, sem sombra de dúvidas;

Após essas considerações nem preciso dizer o quanto amei esse livro, certo? Errado! Preciso dizer sim!
"Imperfeitos" vai te conquistando a cada página, nas injustiças das marcações vai te angustiando e depois termina de um jeito que te deixa DESESPERADO por uma continuação pra ontem!
Porém nossa autora ainda está escrevendo e eu espero muito que a Novo Conceito continue sendo linda e faça o lançamento simultâneo, pelo amor de Deus.

"Sou uma menina de definições, de lógica, de preto no branco.
Lembre-se disso."

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

[RESENHA] ESSA LUZ TÃO BRILHANTE - ESTELLE LAURE


ISBN-13: 9788580416015
ISBN-10: 8580416019
Ano: 2016 / Páginas: 208
Idioma: português
Editora: Arqueiro


"Tenho pensado que talvez existam coisas que simplesmente não podem ser explicadas. Que talvez, quando várias coisas ruins acontecem, coisas boas vêm logo em seguida." 


SINOPSE


O pai dela surtou e foi internado. A mãe disse que ia viajar por uns dias e nunca mais voltou. Wren, sua irmãzinha, parece bem, mas já está tendo problemas na escola. Lucille tem só 17 anos, e todos os problemas do mundo. Se não conseguir arrumar um emprego para pagar as contas e fingir para os vizinhos que está tudo em ordem, pode perder a guarda da irmã. Sorte a dela ter Eden, uma amiga tão incrível que se dispõe a matar aulas para ajudá-la. Azar o dela se apaixonar perdidamente justo agora, e justo por Digby, o irmão gêmeo de Eden, que é lindo, ruivo... mas comprometido.

Essa luz tão brilhante é a história de uma garota que descobre uma grande força dentro de si enquanto aprende que a vida e o amor podem ser imprevisíveis, assustadores e maravilhosos – tudo junto e misturado.


RESENHA

Lucille de apenas 17 anos já presenciou tanta coisa na vida: o pai surtando e agredindo a mãe, a mãe murchando a cada dia que passava, pegando "férias" das filhas e não voltando mais. Ela sabe que a mãe não irá mais voltar e precisa cuidar da irmã Wren, terminar os estudos, pagar as contas e ninguém pode desconfiar, uma missão quase impossível...

Enquanto conta os dias pro seu aniversário de 18 anos a menina vai à luta e com a ajuda da melhor amiga Eden e de seu irmão gêmeo (vulgo menino que faz seu coração parar) Digby, começa a trabalhar. Lucille precisa ser forte para administrar o lar sem levantar suspeitas e cuidar da imensidão de dor que também carrega no peito.

Ao ler o livro "Essa luz tão brilhante" isso foi o que mais me comoveu, pois você via uma adolescente tendo responsabilidades de uma adulta, completamente sozinha, lidando com as dores da irmã e tentando afastar a sua própria dor. Ela precisa ser forte, não pode errar, não pode falhar, precisar ser forte O TEMPO TODO.

E ela é! Sua fraqueza está no amor que sente por Digby, mas um amor que a faz aguentar tudo o que passa, um amor platônico, já que ele tem namorada, mas que a leva adiante, um amor que é aquela luz tão brilhante em sua vida.

O livro é muito emocionante e me fez chorar MUITO, me fez rever a importância da amizade e agradecer o tempo todo pela família maravilhosa que tenho. Eu amei o livro e a mensagem de luta e de arrancar forças que você nem sabe que tem quando precisa ser forte, só não dei 5 estrelas pelo final, que pra mim não foi um final. Eu gosto de finais abertos, mas acho que Estelle esqueceu de mandar o resto do livro pra editora, só pode! Me disseram que terá uma continuação, coisa que eu achei desnecessária, já que era só a autora colocar mais um parágrafo, porém irei ler mesmo assim, ela irá ganhar, mais uma vez, o meu dinheiro, fazer o quê, né?! Sou troxiane haha


quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

[RESENHA] MEU CORAÇÃO E OUTROS BURACOS NEGROS - JASMINE WARGA


ISBN-13: 9788579802683
ISBN-10: 8579802687
Ano: 2016 / Páginas: 312
Idioma: português
Editora: Rocco Jovens Leitores


"- Não, eu entendo. É como se sua tristeza fosse tão profunda e destruidora que você tem medo de que ela vá afogar todas as pessoas de sua vida se deixá-las ficar muito perto.
Ele entente."


SINOPSE


Um tema amargo, mas necessário. Em Meu coração e outros buracos negros, a estreante Jasmine Warga apresenta aos leitores um romance adolescente que aborda, de forma aberta, honesta e emocionante, o suicídio. Aysel, a protagonista, enfrenta problemas com a família e os colegas de escola, como tantos jovens por aí, e, aos 16 anos, planeja acabar com a própria vida. Mas quando ela conhece Roman num site de suicídio, em busca de um cúmplice que a ajude a planejar a própria morte, num pacto desesperado, a vida dos dois literalmente vira de cabeça para baixo. Aos poucos, Aysel percebe que seu coração ainda é capaz de bater alegremente. E ela precisará lutar por sua vida, pela vida de Roman e pelo amor que os une, antes que seja tarde.


RESENHA


Aysel tem apenas 16 anos, mas já passou por muitas coisas na vida, coisas essas que fazem com que queira morrer. Suicídio é uma coisa muito séria e a garota tem medo de desistir na última hora, precavida, ela acessa diariamente o site "Passagens Tranquilas" à procura de um Parceiro de Suicídio, para que ambos consigam junto realizar o desejo de se matar.

Na verdade o grande medo de Aysel é se tornar uma pessoa como seu pai que sofria problemas psicológicos e cometeu um crime muito grave. Sozinha, triste, com medo e sofrendo com a falta do pai, Aysel vê que a única solução para a grande lesma que sente dentro de si é achando um parceiro, até que ela finalmente encontra o RobôCongelado, user do seu parceiro no site, e juntos arquitetam todos os planos para o grande dia 7 de abril.

Como organizar um suicídio não é nada fácil eles acabam se conhecendo melhor e também a família de ambos, Aysel não querer revelar os motivos que tem para isso, mas Roman (esse é o nome do RobôCongelado) acaba se abrindo com ela e é tão triste ver dois adolescentes com uma vida inteira pela frente tão desolados, tão sem esperanças, sentindo tanta culpa...

O livro "Meu coração e outros buracos negros" mostra como a depressão é uma coisa séria e como, na maioria das vezes, as pessoas não entendem isso ou acham que se deixar a pessoa quietinha tristeza irá passar, mas não, não passa, sim, só aumenta e é tão difícil sair desse buraco negro sem fim.

Posso dizer que ao mesmo tempo quechorava com a profundidade e a carga emocional da história, também ria do sarcasmo que ele carrega. O final desse livro é uma coisa surpreendente e emocionante. Depois que o li, reli, chorei tudo de novo e me apaixonei ainda mais. Com certeza entrará para uma das leituras mais queridas do ano e que marcou, complemente, o meu coração, mesmo que ele não tenha tantos buracos negros assim.

"Talvez todos nós tenhamos escuridão dentro de nós e alguns de nós são melhores em lidar com isso do que outros. "

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

[RESENHA] AMAR VALE A PENA - RECOMEÇAR - LUANA BARROS



ISBN-13: 9789895170524
ISBN-10: 9895170521
Ano: 2016 / Páginas: 359
Idioma: português
Editora: Chiado Edito



"Ela é o sorriso mais lindo do mundo. Ela tem o melhor cheiro que eu já senti. Ela é a paz, é o amor... Você nunca vai entender o que ela é..."


SINOPSE

Gustavo e Luiza formam uma família linda e feliz. Juntos criam Malu, filha dele com outra mulher. Mas a vida não continuará assim... A mãe de sangue da criança volta para reivindicar os direitos que abriu mão ao abandoná-la. Luiza vai embora por amor à filha de criação. Gustavo se desespera ao ver sua vida destruída. Em Londres, Luiza conhece pessoas de diferentes lugares do mundo, faz muitas amizades e se diverte bastante, apesar da saudade que sente dos amores deixados no Brasil. 

Uma história emocionante que mostra que em todos os lugares e em todas as línguas, todos amam e querem um amor verdadeiro. O livro toca a alma e o coração dos leitores, arranca sorrisos, lágrimas e suspiros... Faz brotar os melhores sentimentos.



RESENHA


Luiza e Gustavo tem aquela vida linda de comercial da "O boticário": vão realizar o sonho do casamento e juntos criam a Malu, filha de Gustavo com uma mulher que em momento algum quis saber da menina. Luiza cria Malu com o maior amor do mundo, como uma verdadeira mãe... Até que Natalie, a mãe  sanguínea, aparece querendo a filha de volta.

Luiza se desespera e nas vésperas do casamento toma uma decisão: foge para Londres. No começo você sente certa raiva da personagem, mas depois você percebe que o amor que ela sente por Malu é tão grande a ponto de fazê-la abrir mão da sua felicidade pelo que acha ser melhor para sua família. Gustavo por outro lado se sente abandonado, será que o amor dos dois não foi o suficiente? Porém com o passar do tempo ele percebe que foram vítimas de uma armação, mas será que vale a pena reconquistar Luiza? Será que vale a pena RECOMEÇAR?

Relacionamentos, família, recomeços, despedidas, lindas curiosidades sobre Londres, sentimentos e o mais importante, maior do que qualquer laço de sangue: o amor incondicional... Tudo isso você encontra em "Amar vale a pena - Recomeçar". 

Primeiro preciso deixar bem claro que eu gosto de resenhar livros que eu amo ou odeio, nada de livros mornos. E Luana Barros nunca é morna. Ao terminar o livro percebi que o primeiro livro que li da autora "Um anjo na Terra" foi uma iniciação a autora e nesse senti todos os sentimentos dos personagens e da própria Lu ao escrever. Você se tornou, com toda a certeza, a minha autora nacional favorita, para mim essa sua obra não perde em nada para os romances gringos e vou guardar a história de Luiza, Gustavo e Malu com todo o carinho no meu coração.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

[RESENHA] BALADA 80 - DENISE BARBOSA



ISBN-13: 9788556950123
ISBN-10: 8556950124
Ano: 2016 / Páginas: 346
Idioma: português
Editora: Young



"Minha cabeça já estava dando um nó. Não é que estivesse ruim conviver com todos e conhecer um pouco sobre a década de oitenta, mas é que eu já estava perdendo a minha identidade diante de tantas mentiras e omissões. Onde aquilo tudo iria parar? E o que implicaria para mim no futuro com esse deslocamento ao passado? Precisava urgentemente voltar!"



SINOPSE

Vanessa vive em seu mundo fechado de músicas, tecnologias e gírias, mas quando finalmente conhece o garoto dos seus sonhos, percebe que precisa abrir novos horizontes do seu conhecimento, porque Ricardinho é muito culto e obcecado por filmes e músicas dos anos oitenta.

Enquanto, a contragosto, resolve conhecer mais sobre aquela época, coisas desagradáveis começam a acontecer na sua vida. Decepções, controvérsias e um acidente com o seu pai faz com que Vanessa desanime da sua vida e de uma maneira inusitada é transportada para os anos oitenta, totalmente sozinha e confusa, onde passará por momentos extraordinários.

Alguém já imaginou ter a sua própria mãe como amiga de adolescência? Imaginou encontrar pessoas que jamais achou que iria ver outra vez? Imaginou ficar sem a internet e celular por alguns dias? Mas isso pode ser muito divertido.



RESENHA

Vanessa é a típica adolescente: fechada em seu mundinho moderno, com as tecnologias atuais, redes sociais e gírias. Até que fica afim de Ricardinho, que é tudo o que ela não é: culto, ama filmes e músicas dos anos 80 e aberto ao diferente, sem preconceito com os gêneros antigos.

Ela terá que, mesmo sem querer, aprender sobre essa década se quiser conquistar Ricardinho, então, obviamente, é o que ela começa a fazer até que após decepção muito grande se vê transportada aos anos 80. Não vai ser fácil, porém será extraordinário e muito divertido... Ela precisa voltar aos dias atuais para ver como ficará a sua vida, precisa se adaptar a sua nova melhor amiga nos anos 80, que por sinal é a sua mãe (adorei hahah) e decidir entre Victor e Ricardinho. Será que as baladas de sábado a noite, ajudarão em tudo isso?

"O que é bom não cai no esquecimento" e com certeza essa obra não cairá. Confesso que mesmo amando as "velharias" dos anos 80 fiquei receosa, porém foi um livro que foi me conquistando a cada página. Muitas vezes os diálogos acabam acontecendo de forma infantil, porém ao final da leitura compreendi que era uma forma de mostrar o constraste da juventude atual com a da década de 80.

"Balada 80" chegou até mim como cortesia da @youngeditorial e a Editora caprichou demais na capa, diagramação e no início dos capítulos. Já a autora Denise Barbosa, arrasa na escrita desse livro e também nos lindos e nostálgicos quotes musicais que me fizeram relembrar e baixar várias "novas" músicas no Spotify haha