terça-feira, 20 de dezembro de 2016

[RESENHA] ESSA LUZ TÃO BRILHANTE - ESTELLE LAURE


ISBN-13: 9788580416015
ISBN-10: 8580416019
Ano: 2016 / Páginas: 208
Idioma: português
Editora: Arqueiro


"Tenho pensado que talvez existam coisas que simplesmente não podem ser explicadas. Que talvez, quando várias coisas ruins acontecem, coisas boas vêm logo em seguida." 


SINOPSE


O pai dela surtou e foi internado. A mãe disse que ia viajar por uns dias e nunca mais voltou. Wren, sua irmãzinha, parece bem, mas já está tendo problemas na escola. Lucille tem só 17 anos, e todos os problemas do mundo. Se não conseguir arrumar um emprego para pagar as contas e fingir para os vizinhos que está tudo em ordem, pode perder a guarda da irmã. Sorte a dela ter Eden, uma amiga tão incrível que se dispõe a matar aulas para ajudá-la. Azar o dela se apaixonar perdidamente justo agora, e justo por Digby, o irmão gêmeo de Eden, que é lindo, ruivo... mas comprometido.

Essa luz tão brilhante é a história de uma garota que descobre uma grande força dentro de si enquanto aprende que a vida e o amor podem ser imprevisíveis, assustadores e maravilhosos – tudo junto e misturado.


RESENHA

Lucille de apenas 17 anos já presenciou tanta coisa na vida: o pai surtando e agredindo a mãe, a mãe murchando a cada dia que passava, pegando "férias" das filhas e não voltando mais. Ela sabe que a mãe não irá mais voltar e precisa cuidar da irmã Wren, terminar os estudos, pagar as contas e ninguém pode desconfiar, uma missão quase impossível...

Enquanto conta os dias pro seu aniversário de 18 anos a menina vai à luta e com a ajuda da melhor amiga Eden e de seu irmão gêmeo (vulgo menino que faz seu coração parar) Digby, começa a trabalhar. Lucille precisa ser forte para administrar o lar sem levantar suspeitas e cuidar da imensidão de dor que também carrega no peito.

Ao ler o livro "Essa luz tão brilhante" isso foi o que mais me comoveu, pois você via uma adolescente tendo responsabilidades de uma adulta, completamente sozinha, lidando com as dores da irmã e tentando afastar a sua própria dor. Ela precisa ser forte, não pode errar, não pode falhar, precisar ser forte O TEMPO TODO.

E ela é! Sua fraqueza está no amor que sente por Digby, mas um amor que a faz aguentar tudo o que passa, um amor platônico, já que ele tem namorada, mas que a leva adiante, um amor que é aquela luz tão brilhante em sua vida.

O livro é muito emocionante e me fez chorar MUITO, me fez rever a importância da amizade e agradecer o tempo todo pela família maravilhosa que tenho. Eu amei o livro e a mensagem de luta e de arrancar forças que você nem sabe que tem quando precisa ser forte, só não dei 5 estrelas pelo final, que pra mim não foi um final. Eu gosto de finais abertos, mas acho que Estelle esqueceu de mandar o resto do livro pra editora, só pode! Me disseram que terá uma continuação, coisa que eu achei desnecessária, já que era só a autora colocar mais um parágrafo, porém irei ler mesmo assim, ela irá ganhar, mais uma vez, o meu dinheiro, fazer o quê, né?! Sou troxiane haha


2 comentários:

  1. Oi Carol
    Essa é a segunda resenha que leio desse livro, e as duas foram positivas, sem contar a capa que está super fofa...
    Adorei sou trouxiane rsrs, pq os autores fazem isso com a gente né...
    Beijos

    Divagando Palavras
    www.divagandopalavras.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elas nos enganam certinho com esses finais que dá pra resolver em uma página criando outro livro ahahha

      Excluir