segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

[RESENHA] NOVE REGRAS A IGNORAR ANTES DE SE APAIXONAR - SARAH MACLEAN


ISBN-13: 9788580415049
ISBN-10: 8580415047
Ano: 2016 / Páginas: 384
Idioma: português
Editora: Arqueiro


"O amor não é unilateral e egoísta. É pleno e generoso, e modifica a vida da melhor maneira possível. O amor não destrói, Gabriel. Ele cria."


SINOPSE

A sonhadora Calpúrnia Hartwell sempre fez tudo exatamente como se espera de uma dama. Ainda assim, dez anos depois de ser apresentada à sociedade, ela continua solteira e assistindo sentada enquanto as jovens se divertem nos bailes. Callie trocaria qualquer coisa por uma vida de prazeres.

E por que não se arriscar se, aos 28 anos, ela já passou da idade de procurar o príncipe encantado, nunca foi uma beldade e sua reputação já não lhe fará a menor diferença? Sem nada a perder, a moça resolve listar as nove regras sociais que mais deseja quebrar, como beijar alguém apaixonadamente, fumar charuto, beber uísque, jogar em um clube para
cavalheiros e dançar todas as músicas de um baile. E depois começa a quebrá-las de fato.

Mas desafiar as convenções pode ser muito mais interessante em boa companhia, principalmente se for uma que saiba tudo sobre quebrar regras. E quem melhor que Gabriel St. John, o marquês de Ralston, para acompanhá-la? Afinal, além de charmoso e devastadoramente lindo, ele é um dos mais notórios libertinos de Londres.

Contudo, passar tanto tempo na companhia dele pode ser perigoso. Há anos Callie sonha com Gabriel e, se não tiver cuidado, pode acabar quebrando a regra mais importante de todas – a que diz que aqueles que buscam o prazer não devem se apaixonar perdidamente.



RESENHA

Lady Calpúrnia é uma solteirona que além de ter um corpo fora dos padrões londrino da época também conta com uma mãe de péssimo gosto. Após tantas temporadas sem sucesso e aos 28 anos nem ela espera que algo aconteça, então nem a própria se arruma e no baile se senta junto com as solteironas e de lá se encanta por Gabriel St. John, o libertino de fama mais incorrigível de Londres.

Até que em uma bela noite Callie decide que como já não vai mais casar mesmo, irá realizar uma lista de desejos secretos, com nove regras que seria inconcebível para qualquer mulher de respeito de sua época, mas para que se preocupar com respeito quando sua vida não sai da mesma mesmice de sempre? Em sua lista existem itens como fumar charuto, entrar em uma casa masculina de jogos e ser beijada.

Em um momento de insanidade ela vai à casa de Gabriel, o marquês de Ralston, para que ele a beije e ele pede que em troca ensine a sua irmã que acabou de conhecer e é um tanto geniosa a se adaptar a sociedade londrina como uma verdadeira dama. Porém após escrever essa lista e começar a colocá-la em prática tudo o que Callie sempre acreditou começa a cair por terra e ela percebe que jamais poderá ver a vida com os olhos da solteirona infeliz de antes.

Em "Nove regras a ignorar antes de se apaixonar" vemos um romance de época que parece ser clichê, da solteirona, do libertino e todas as confusões que essa combinação pode trazer, mas que de clichê não tem NADA! Callie é uma personagem forte, que finalmente sabe o que quer e que vai atrás de tudo isso, não precisando da ajuda de um homem. E aí chegamos em um ponto claro assim que você inicia a leitura: Sarah MacLean é uma feminista das boas! Como não amar?

Nessa leitura vemos uma sociedade que era tão preconceituosa e que encurralava as mulheres e sua felicidade, que apenas dava liberdade aos homens, um casal que vai fazer até os que não gostam de romance se apaixonarem e uma história que vai lhe mostrar que a felicidade e o amor estão acima de qualquer pré-julgamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário