terça-feira, 7 de março de 2017

[RESENHA] A TRAIDORA DO TRONO - ALWYN HAMILTON



(Para ler a resenha do primeiro livro "A rebelde do deserto", clique AQUI)

ISBN-13: 9788555340291
ISBN-10: 8555340292
Ano: 2017 / Páginas: 496
Idioma: português
Editora: Seguinte

"Cuidado, elas diziam para as filhas. As pessoas vão te machucar por causa de sua beleza.
Eu não era bonita. Não estava ali por esse motivo. Estava ali porque era poderosa."


SINOPSE

Amani Al’Hiza mal pôde acreditar quando finalmente conseguiu fugir de sua cidade natal, montada num cavalo mágico junto com Jin, um forasteiro misterioso. Depois de pouco tempo, porém, sua maior preocupação deixou de ser a própria liberdade- a garota descobriu ter muito mais poder do que imaginava e acabou se juntando à rebelião, que quer livrar o país inteiro do domínio do sultão. Em meio às perigosas batalhas ao lado dos rebeldes, Amani é traída quando menos espera e se vê prisioneira no palácio. Enquanto pensa em um jeito de escapar, ela começa a espionar o sultão. Mas quanto mais tempo passa ali, mais Amani questiona se o governante de fato é o vilão que todos acreditam.


RESENHA

Esta resenha pode conter spoilers do primeiro livro "A rebelde do deserto".

Depois do final arrebatador do primeiro livro vemos Amani, nossa rebelde favorita, sendo uma das aliadas mais importantes da rebelião. Dominando as areais do deserto, com sua mira certeira e com a sua fama de Bandida de Olhos Azuis, vemos que a sua lealdade continua intacta a causa, mesmo sendo traída constantemente pela raiva de estar sem Jin, pois acredita que o seu forasteiro foi enviado a uma missão por Ahmed, líder da rebelião, no momento em que ela mais precisava do companheiro de guerra, de vida e de amor.


Enquanto se dedica a causa, faz pirraça com o príncipe rebelde e pensa o tempo todo em Jin, Amani é traída por quem menos espera e no momento que menos espera e quando percebe está dentro do palácio do sultão, aonde ela vai encontrar pessoas do seu passado que jamais imaginou reencontrar, que achava que já havia morrido e algumas que não tinha a menor vontade de ver novamente. Aos poucos nossa rebelde percebe o quanto pode ser importante para a rebelião ter informações privilegiadas da guerra e do palácio e enquanto tenta fugir, também vai trabalhando como uma espiã para causa. Mas será que ela pode confiar em todos os que estão a sua volta e como vencer esse jogo perigoso que está jogando embaixo do nariz do sultão?

Sabe quando alguém diz que o segundo livro é anos luz melhor do que o primeiro, que já é muuito bom? Então, estamos falando de "A traidora do trono"!

Nessa sequência vemos Amani ainda mais forte e decidida, vemos o quanto a nossa rebelde favorita é indispensável à rebelião, o quanto ela amadureceu, aprendeu com as quedas da vida e se tornou FO-DA! Sim, isso mesmo, se tornou foda!
Como vocês sabem romance não é foco de nossa querida Alwyn Hamilton e nesse livro temos o Jin mais a distancia dos acontecimentos, mas quando ele aparece... Chama o cardiologista porque meu coração para com esse homem.

Esse livro é tiro, porrada e bomba, você nem conseguiu se recuperar e já está vindo outro tiro e quando você tá se recuperando bomba e de repente meu queixo tava no chão e eu não conseguia parar de ler para pegá-lo de lá.
E o final?
CAROLINA FICOU EM COMA APÓS TERMINAR O LIVRO e se você terminou essa resenha e não se convenceu a lê-lo, eu imploro, LEIAM!



Um comentário:

  1. PUTA MERDA MEU NOME É CAROLINA TBM, SE EU JÁ AMEI O PRIMEIRO, MAL POSSO ESPERAR PARA COMPRAR O SEGUNDO, a propósito, amei a resenha haauahauahah

    ResponderExcluir