quarta-feira, 8 de março de 2017

[RESENHA] UM CASO PERDIDO - COLLEEN HOOVER



ISBN-13: 9788501403940
ISBN-10: 8501403946
Ano: 2014 / Páginas: 384
Idioma: português
Editora: Galera Record


"Não existe escolha certa. Às vezes, precisamos escolher entre um monte de escolhas erradas, sem a possibilidade de nenhuma certa, você simplesmente tem de decidir pela escolha errada que pareça menos errada."


SINOPSE


Às vezes, descobrir a verdade pode te deixar com menos esperança do que acreditar em mentiras...

Em seu último ano de escola, Sky conhece Dean Holder, um rapaz com uma reputação capaz de rivalizar com a dela. Em um único encontro, ele conseguiu amedrontá-la e cativá-la. E algo nele faz com que memórias de seu passado conturbado comecem a voltar, mesmo depois de todo o trabalho que teve para enterrá-las. Mas o misterioso Holder também tem sua parcela de segredos e quando eles são revelados, a vida de Sky muda drasticamente.


RESENHA


Sky começa a frequentar uma escola de verdade pela primeira vez na vida, mas não pensem que a garota educada em casa não conhecia ninguém da escola, além da melhor amiga Six, ela já ficou com váaaarios meninos de sua escola, mas nunca se entregou de verdade a nenhum, na verdade, nunca sentiu nada com eles, até Holder aparecer...

Assim que o vê pela primeira vez ela sabe: algo dentro dela muda, mas além de ficar nervosa, de sentir as borboletas voando em seu estômago e saber como é se apaixonar pelo bad boy, Sky também fica amedrontada pelos sentimentos estranhos e desconhecidos e, principalmente, com medo das sensações que vem à tona quando está perto rapaz, sensações e lembranças que ela enterrou há tantos anos atrás e não sabe se quer tê-las novamente.

Sabe quando você pega um livro, só por pegar, não dá absolutamente nada pra ele e depois se surpreende a cada página? Foi o que aconteceu enquanto eu lia "Um caso perdido".
A escrita de Colleen Hoover é daquele tipo que você não consegue largar e que começa parecendo bobinha, mas depois vem retratar assuntos graves e polêmicos, com aquelas reviravoltas na história que vão partir o seu coração, te fazer chorar (e muito, no meu caso) e se apaixonar ainda mais por "Hopeless".
Só gostaria de entender porque a Galera traduziu esse título, que era a metáfora perfeita da história, mas essa foi a única dúvida que ficou em meio a um turbilhão de emoções e do amor imenso que senti pela história de Sky.
Se eu recomendo? De olhos fechados!

Nenhum comentário:

Postar um comentário