sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

[RESENHA] LADY WHISTLEDOWN CONTRA-ATACA - JULIA QUINN



ISBN-13: 9788580417678
ISBN-10: 8580417678
Ano: 2017 / Páginas: 352
Idioma: português
Editora: Arqueiro



“Ele a beijou embora nunca fosse ser o bastante. Beijou-a ainda que nunca mais fosse tê-la. 
E beijou-a para corrompe-la para todos os outros homens, para deixar sua marca de modo que, quando o pai finalmente a casasse com outro, ela teria a memória daquele momento, que a assombraria até o dia de sua morte.”
- O primeiro beijo, Julia Quinn.



SINOPSE


Com a participação especial da famosa cronista da sociedade criada por Julia Quinn, Lady Whistledown Contra-Ataca é formado pelas narrativas curtas de quatro escritoras consagradas, tendo como fio condutor o roubo de uma pulseira milionária. Seus contos são como pérolas que se unem e formam uma peça de valor inestimável.

"Quem roubou o bracelete de lady Neeley?
Terá sido o caça-dotes? O apostador? A criada? Ou o libertino? Londres está fervendo com as especulações, mas, se ainda restam muitas dúvidas, pelo menos uma coisa é certa: um desses quatro está envolvido no crime.
Crônicas da sociedade de lady Whistledown, maio de 1816"

Julia Quinn encanta...

Um belo caçador de fortunas foi enfeitiçado pela debutante mais desejada da temporada. Agora ele precisa provar que o que deseja é o coração da jovem, não o dote dela.

Mia Ryan delicia...
Uma criada adorável e espirituosa está deslumbrada com as atenções românticas que tem recebido de um charmoso conde. Mas um relacionamento entre eles seria escandaloso e poderia arruinar a reputação dos dois.

Suzanne Enoch fascina...
Uma jovem inocente que passou a vida evitando escândalos de repente se vê secretamente cortejada pelo maior libertino de Londres.

Karen Hawkins seduz...
Um visconde que vaga sem destino volta para casa para reacender o fogo da paixão de seu casamento, mas descobre que sua linda e decidida esposa não será conquistada tão facilmente.




RESENHA


Lady Whistledown é uma das principais personagens já criadas por Julia Quinn e para fazer com que matassemos as saudades dela, convidou três autoras para escreverem quatro contos que serão conduzidos por nossa cronista da sociedade londrina a cada início de capítulo.
Apesar de serem contos independentes estão interligados pelo desaparecimento de uma pulseira de rubis e é obvio que nossa querida Lady Whistledown além de contar os babados da sociedade também quer revelar em primeira mão em sua coluna quem foi o responsável por esse estranho sumiço.

Logo no primeiro conto fui arrebatada pela escrita de Julia Quinn e por um casal tão apaixonante que fica impossível não torcer por eles. Mas ao ler o segundo conto escrito por Mia Ryan e o terceiro conto escrito por Suzanne Enoch não consegui me conectar com as histórias e com os acontecimentos, empaque na leitura desses dois. Já no quarto conto escrito por Karen Hawkins voltei a me apaixonar pela história e teria amado e favoritado essa leitura se fosse somente os contos de Julia e Karen. Esse último conto traz um romance com premissa original, cheio de arrependimento e perdão, me ensinando a grandeza da confiança e do amor verdadeiro.
Recomendo a leitura desses contos, principalmente dos dois que mais amei, e se vocês não leram a série “Os Bridgertons” fiquem tranquilos que não terão spoilers ao ler essa obra, apenas a audácia e espírito sarcástico da nossa querida Lady Whistledown, nossa eternamente amada cronista.

Nota: 4🌟

Um comentário:

  1. Oiii Carol😊
    Eu ainda não li esse livro da Julia, só falta ele na minha estante. Escuto só ótimos comentários sobre esses contos. Fora que Julia Quinn é a Rainha dos romances de época.
    Beijos
    Ariane de Freitas
    www.oquetemnanossaestante.com.br

    ResponderExcluir