terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

[RESENHA] MAIS LINDO QUE A LUA - JULIA QUINN




ISBN-13: 9788580417975
ISBN-10: 858041797X
Ano: 2018 / Páginas: 272
Idioma: português
Editora: Arqueiro


“Eu sei. Sei que te vi pela primeira vez há apenas dez minutos, mas em meu coração pareço conhecê-la minha vida inteira.”


SINOPSE

Considerada "a rainha dos romances de época" pela Goodreads, Júlia Quinn já atingiu a marca de 10 milhões de livros vendidos.

Mais Lindo Que a Lua, primeiro livro primeiro livro da série Irmãs Lyndon, é uma história irresistível sobre sobre reencontro e desafios, romantismo e perseverança.

Foi amor à primeira vista. Mas Victoria Lyndon era a filha do vigário, e Robert Kemble, o elegante conde de Macclesfield. Foi o que bastou para os pais dos dois serem contra a união. Assim, quando o plano de fuga dos jovens deu errado, todos acreditaram que foi melhor assim.

Sete anos depois, quando Robert encontra Victoria por acaso, não consegue acreditar no que acontece: a garota que um dia destruiu seus sonhos ainda o deixa sem fôlego. E Victoria também logo vê que continua impossível resistir aos encantos dele. Mas como ela poderia dar uma segunda chance ao homem que lhe prometeu casamento e depois despedaçou suas esperanças?

Então, quando Robert lhe oferece um emprego um tanto incomum – ser sua amante –, Victoria não aceita, incapaz de sacrificar a dignidade, mesmo por ele. Mas Robert promete que Victoria será dele, não importa o que tenha que fazer. Depois de tantas mágoas, será que esses dois corações maltratados algum dia serão capazes de perdoar e permitir que o amor cure suas feridas?



RESENHA

Assim que Robert Kemble, o conde de Macclesfield, põe os olhos em Victoria Lyndon já sabe que seu coração será dela para sempre, foi amor à primeira vista e logo no primeiro dia os dois jovens já sabem que se amam desesperadamente. Porém ele é um conde e um dia será um marquês, enquanto ela é apenas a filha do vigário, ninguém acredita no amor dos dois, pois para todos Robert não deve passar de um libertino querendo se aproveitar de uma moça pura e Victoria não passa de uma aproveitadora de olho no dinheiro do conde.

Os dois jovens apaixonados armam um plano de fuga, mas nada do que acontece naquele noite é como imaginavam e a vida segue dos dois segue por caminhos completamente diferentes.Até que sete anos depois eles se reencontram, amadurecidos e mudados pela vida, Robert quer se vingar de Victoria, enquanto a moça só deseja nunca mais vê-lo, mas nenhum dos dois consegue lidar com o fato de que o sentimento que nutriram no passado ficou ainda mais forte.

Tenham certeza que não é fácil para mim fazer essa resenha, pois Julia Quinn é uma das minhas autoras favoritas, mas isso não me fez fechar os olhos para as coisas que acontecem nesse livro.

Robert é o clássico menino rico que sempre teve tudo o que quis e na página 13, assim que vê a Victoria pela primeira vez, já sabe que a quer e decide isso pelos dois. Ela se apaixona também, porém vemos nesse livro um homem machista, arrogante e autoritário, vemos indícios de um relacionamento abusivo e por esses motivos foi uma leitura difícil para mim. Minha antipatia com Robert e suas atitudes insanas foi maior do que a lua!

"Everything and the moon" foi escrito pela autora em 1997, um dos primeiros livros que Julia Quinn escreveu em seu início de carreira, então eu poderia dizer que não gostei desse livro por ter uma escrita inferior aos demais. Mas não é o caso, ele é fluído, divertido e envolvente como tudo o que a autora escreve, a ideia do enredo é ótima, mas o mocinho dessa história... Nem precisa de muita análise para descobrir que de mocinho ele não tem é nada!

"Mais lindo que a lua" não foi o que eu esperava e me deixou ansiando por um eclipse, mas espero que o próximo livro dessa duologia seja melhor e também espero que vocês leiam essa obra e tirem as suas próprias conclusões.

"A vida é sobre se arriscar, sobre tentar alcançar a lua."

Nenhum comentário:

Postar um comentário